• Ariane Angioletti

2021-2030: A Década do envelhecimento saudável

A ONU declarou que nos próximos dez anos, o evnelhecimento será um dos temas de sua atenção.


Em dezembro de 2020, na 73º Assembleia Geral da ONU, foi declarada a Década do Envelhecimento Saudável. Esta é uma ação necessária para que a temática ganhe destaque e reúna países e parceiros para propor ações e execuções sobre o tema.

Foram estipuladas quatro áreas:

  1. Combatendo o preconceito etário

  2. Ambientes amigáveis ao idoso

  3. Alinhamento dos sistemas de saúde

  4. Cuidado a longo prazo

O ano de 2020 expôs a problemática do envelhecimento e da falta de organização e estrutura para o atendimento à população idosa.


A América Latina é onde está a necessidade de intervenção rápida, pois o envelhecimento populacional acelerado e a falta de estrutura de atendimento e apoio impactam no atendimento aos idosos e, ainda, no caminho do envelhecimento saudável para as demais parcelas da população.


A Resolução também convoca à Organização Mundial da Saúde para liderar a implementação da Década, em colaboração com as outras organizações da ONU. Governos, organizações internacionais e regionais, sociedade civil, setor privado, academia e mídia são encorajados a apoiar ativamente os objetivos da Década.


Os parceiros da OMS e da ONU estão buscando contribuições de todas as partes interessadas para ajudar a construir uma plataforma colaborativa onde todo o conhecimento sobre o envelhecimento possa ser acessado, compartilhado e produzido em um só lugar – por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo.