top of page

O que verificar na contratação de um cuidador de idosos?

Contratar um profissional para cuidar é sempre um grande desafio. Separei algumas dicas pra ajudar você nesse momento.


Procure um profissional capacitado dando preferência àqueles que realizaram capacitações e cursos.


Faça uma entrevista pessoal e busque identificar características como atenção, concentração, paciência, pontualidade e asseio.


Busque referências sempre que possível ou busque indicação de pessoas que já tenham contratado cuidadores. Também ajuda dar uma espiadinha nas redes sociais dos candidatos.


Identifique o método de trabalho, pois é importante que o cuidador saiba ou tenha interesse em aprender sobre o atendimento às necessidades da pessoa idosa.


Busque características de identificação. Por exemplo: tem idosas que não vão querer cuidadores homens ou se sentirão mais a vontade com mulheres não muito novas. Questões religiosas e culturais também podem ajudar na proximidade do cuidador com quem é cuidado.


Verifique o conhecimento técnico do cuidador para atender às necessidades específicas do idoso que precisa de cuidados ou o quanto está disposto à aprender. Veja bem: cuidar de uma pessoa que anda - mesmo com andador ou bengala - é diferente de cuidar de um cadeirante ou de uma pessoa acamada.


Faça um período de experiência, para que todos possam analisar a relação de prestação de serviços. O cuidador, o idoso e a família devem avaliar esse período.


O cuidador precisa ter capacidade de seguir rotina, ser organizado e meticuloso com os horários. Fique atento e crie um método de registro das atividades. Um caderno já ajuda bastante.


Seja aberto para novas pessoas e novas propostas! Pode ser que uma cuidadora tenha experiências e vivências que você não teve (é bem provável, inclusive). Então ouça sua história e dê espaço para que a profissional possa mostrar o que sabe.


Nota fundamental! Contrate da maneira correta!

Cuidadores que prestam serviço na casa do idoso ou de sua família, deve ser registrado na carteira de trabalho e no e-social como cuidador doméstico. Muitos não querem que a carteira seja assinada justamente em razão da expressão "doméstico". Tome cuidado!


Contratar como MEI para o desempenho de atividade diária, com horário a ser cumprido, subordinação e pessoalidade está errado. MEI é para os casos de cuidadores esporádicos, não para aqueles que cumprem trabalho diariamente.


Sempre procure orientação jurídica a respeito, ok?

97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page