• Ariane Angioletti

"Carnaval não é para idosos!"

Carnaval é um período que movimenta o nosso país, não é? Faz parte da cultura do nosso povo, com as diferenças regionais, a manifestação desse jeito de festejar a vida, apesar dos problemas que existem e sempre existirão.

Infelizmente nesta época, surgem os comentários sobre os idosos que brincam o carnaval e a indagação sobre a prioridade no atendimento e nos assentos dos transportes públicos.

"Pular carnaval pode, mas no ônibus quer andar sentada"... Dizia uma das várias montagens que pulam pela minha time line.

Pois então, eu resolvi vir explicar bem explicadinho sobre o direito à socialização, à manifestação cultural e à fazer o que bem entender para se sentir bem, que todo ser humano tem e, mesmo envelhecendo, não o perde.

O idoso tem o direito a transitar no transporte público em assentos reservados. Preciso explicar a diferença entre estar em pé num ônibus e participar do carnaval? Preciso explicar a diferença entre dançar no seu ritmo, sentindo-se bem e feliz e estar num transporte depois de um dia cansativo, com compromissos desgastantes? Preciso lembrar que quando estamos fazendo algo que nos faz bem, a endorfina, serotonina e tudo que nosso organismo produz em prol da felicidade, funciona que é uma beleza?

Pois bem, quando você ouvir um argumento desses, lembrem de mim! Lembrem da diferença entre estar em pé no próprio ritmo e estar de pé, dentro de um ônibus em movimento, com freadas, lombadas, buracos, somados a braços enfraquecidos, joelhos que falham e o equilíbrio que já não é o mesmo.

Dançar, interagir com amigos, ouvir música e rir é muito diferente de andar de ônibus.

Bom carnaval a todos! E se encontrarem foliões idosos na sua folia, interaja, sorria, estimule, aplauda e reverencie a vida que pulsa em todos nós.

0 visualização

Criado por Ariane Angioletti. Todos os Direitos Reservados.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram